Artigos sobre como programar e utilizar robôs de negociação na linguagem MQL5

Expert Advisors criados para a plataforma MetaTrader executam uma variedade de funções implementadas pelos seus desenvolvedores. Robôs de negociação podem acompanhar símbolos financeiros durante 24 horas por dia, copiar negócios, criar e enviar relatórios, analisar notícias e ainda fornecer interfaces gráficas específicas e personalizada.

Os artigos descrevem as técnicas de programação, idéias matemáticas de processamento de dados, dicas sobre como criar e comprar os robôs de negociação.

Novo artigo
recente | principal

Como se tornar um bom programador (Parte 1): cinco hábitos que devem ser abandonados para programar melhor em MQL5

Tanto iniciantes quanto programadores avançados têm alguns hábitos ruins que os impedem de melhorar. Neste artigo, vamos discuti-los e ver o que podemos fazer com eles. O artigo é destinado a todos

Padrões com exemplos (Parte I): Topo múltiplo

Com este artigo começamos um ciclo em que consideraremos padrões de reversão no âmbito da negociação algorítmica. Iniciamos examinando a primeira e mais interessante família de padrões desse tipo que

Gráficos na biblioteca DoEasy (Parte 76): objeto forma e temas de cores predefinidos

Neste artigo, descreveremos o conceito de criação de temas de GUI na biblioteca, criaremos um objeto forma que será descendente de um objeto da classe do elemento gráfico, prepararemos dados para

Gráficos na biblioteca DoEasy (Parte 75): métodos para trabalhar com primitivos e texto num elemento gráfico básico

No artigo, continuaremos a desenvolver a classe base do elemento gráfico que compreende todos os objetos gráficos criados com base na classe da Biblioteca Padrão CCanvas. Criaremos métodos para

Gráficos na biblioteca DoEasy (Parte 74): elemento gráfico básico baseado na classe CCanvas

Vamos revisar o conceito de construção de objetos gráficos, que vimos no artigo anterior, e preparar uma classe base para todos os objetos gráficos da biblioteca criados com base na classe CCanvas da

Gráficos na biblioteca DoEasy (Parte 73): objeto-forma de um elemento gráfico

Neste artigo, começamos uma nova seção grande sobre a biblioteca para trabalhar com gráficos. Hoje vamos criar um objeto de estados do mouse, um objeto base de todos os elementos gráficos e uma classe

Outras classes na biblioteca DoEasy (Parte 72): rastreamento e fixação dos parâmetros de objetos-gráficos numa coleção

Neste artigo, vamos finalizar as classes de objetos-gráficos e de sua coleção. Faremos o rastreamento automático das alterações das propriedades dos gráficos e das suas janelas, bem como o

Outras classes na biblioteca DoEasy (Parte 71): eventos da coleção de objetos-gráficos

Neste artigo, criaremos uma funcionalidade para rastrear alguns eventos de objetos-gráficos - adição/remoção de gráficos de símbolos, de subjanelas do gráfico, bem como adição/exclusão/mudança de

Swaps (Parte I): bloqueio e posições sintéticas

Neste artigo, tentarei expandir o conceito clássico de métodos de negociação de swap, e também explicarei porque cheguei à conclusão de que ele, em minha opinião, merece atenção especial e vale

Outras classes na biblioteca DoEasy (Parte 69): classe-coleção de objetos-gráficos

Com este artigo, começaremos o desenvolvimento de uma classe-coleção de objetos-gráficos que armazenará uma lista-coleção de objetos-gráficos com suas subjanelas e indicadores, e tornará possível

Redes neurais de maneira fácil (Parte 13): normalização em lote

No artigo anterior, começamos a examinar métodos para melhorar a qualidade do treinamento da rede neural. Neste artigo, proponho continuar este tópico e considerar uma outra abordagem, em particular a

Outras classes na biblioteca DoEasy (Parte 68): classe de objeto-gráfico e classes de objetos-indicadores na janela do gráfico

Neste artigo, continuaremos a desenvolver a classe do objeto-gráfico. Vamos adicionar uma lista de objetos-janelas, onde, por sua vez, estarão disponíveis as listas de indicadores colocados nestas

Outras classes na biblioteca DoEasy (Parte 67): classe de objeto-gráfico

Neste artigo, vamos criar uma classe de um objeto-gráfico (um gráfico de um instrumento de negociação) e modificar a classe-coleção de objetos de sinal mql5 para que cada objeto-sinal armazenado na

Redes Neurais de Maneira Fácil (Parte 12): Dropout

Como a próxima etapa no estudo das redes neurais, eu sugiro considerar os métodos de aumentar a convergência durante o treinamento da rede neural. Existem vários desses métodos. Neste artigo, nós

Outras classes na biblioteca DoEasy (Parte 66): classe-coleção de Sinais MQL5.com

Neste artigo, criaremos uma classe-coleção de sinais - do serviço Sinais MQL5.com - com funções para gerenciar sinais assinados e também modificaremos a classe do objeto-instantâneo do livro de

Técnicas úteis e exóticas para a negociação automatizada

Neste artigo, eu demonstrarei algumas técnicas muito interessantes e úteis para a negociação automatizada. Algumas delas podem ser familiares para você. Eu tentarei cobrir os métodos mais

Redes Neurais de Maneira Fácil (Parte 11): Uma visão sobre a GPT

Talvez um dos modelos mais avançados entre as redes neurais de linguagem atualmente existentes seja a GPT-3, cuja variante máxima contém 175 bilhões de parâmetros. Claro, nós não vamos criar tal

Trabalhando com preços na biblioteca DoEasy (Parte 64): livro de ofertas, classes do objeto-instantâneo e objeto-série de instantâneos do livro de ofertas

Neste artigo, criaremos duas classes (a do objeto-instantânea do livro de ofertas e a do objeto-série dos instantâneos do livro de ofertas) e testaremos a criação de uma série de dados do livro de

Algoritmo auto-adaptável (Parte IV): funcionalidade e testes adicionais

Continuo a complementar o algoritmo com a funcionalidade mínima necessária, vou fazer testes do que obtivemos como resultado. A lucratividade acabou sendo baixa, mas os artigos mostram um modelo que

Aplicação prática de redes neurais no trading (Parte 2). Visão computacional

O uso da visão computacional permite treinar redes neurais, usando uma representação visual do gráfico de preços e indicadores. Este método nos permite operar mais livremente com todo o conjunto de

Trabalhando com preços na biblioteca DoEasy (Parte 62): atualização em tempo real da série de ticks, preparação para trabalhar com o livro de ofertas

Neste artigo, atualizaremos em tempo real da coleção de dados de ticks e prepararemos a classe do objeto-símbolo para trabalhar com o livro de ofertas, cujo funcionamento abordaremos no próximo

Força bruta para encontrar padrões (Parte III): novos horizontes

Este artigo dá continuidade ao tópico sobre força bruta, trazendo novos recursos de análise de mercado para o algoritmo do meu programa e acelerando, assim, a velocidade da análise e a qualidade dos

Redes neurais de maneira fácil (Parte 10): Atenção Multi-Cabeça

Nós já consideramos anteriormente o mecanismo de self-attention (autoatenção) em redes neurais. Na prática, as arquiteturas de rede neural modernas usam várias threads de self-attention paralelas para

Algoritmo auto-adaptável (Parte III): evitando a otimização

É impossível obter um algoritmo verdadeiramente estável se para a seleção de parâmetros com base em dados históricos for usada uma otimização. Um algoritmo estável em si deve saber que parâmetros são

Desenvolvendo um algoritmo auto-adaptável (Parte II): melhorando a eficiência

Neste artigo, continuarei meu tópico, mas começarei tornando o algoritmo desenvolvido anteriormente mais flexível. Ele se tornou mais estável com o aumento no número de candles na janela de análise ou

Trabalhando com séries temporais na biblioteca DoEasy (Parte 59): objeto para armazenar dados de um tick

Com este artigo, vamos começar a criar a funcionalidade de biblioteca para trabalhar com dados de preços. Hoje vamos criar uma classe de objeto que armazenará todos os dados de preços recebidos no

Desenvolvendo um algoritmo auto-adaptável (Parte I): encontrando um padrão básico

Numa série de artigos, mostrarei um exemplo de como desenvolver algoritmos auto-adaptativos que levam em consideração a maioria de fatores que surgem nos mercados, apresentarei como sistematizar essas

Redes Neurais de Maneira Fácil (Parte 8): Mecanismos de Atenção

Nos artigos anteriores, nós já testamos várias opções para organizar as redes neurais. Nós também estudamos as redes convolucionais emprestadas dos algoritmos de processamento de imagem. Neste artigo

Trabalhando com séries temporais na biblioteca DoEasy (Parte 58): séries temporais de dados de buffers de indicadores

No final do tópico sobre trabalho com séries temporais, realizaremos o armazenamento, a pesquisa e a classificação dos dados armazenados em buffers de indicadores, o que nos permitirá realizar

Reamostragem avançada e seleção de modelos CatBoost pelo método de força bruta

Este artigo descreve uma das possíveis abordagens para a transformação de dados com o objetivo de melhorar a generalização do modelo, ele também discute a amostragem e seleção dos modelos CatBoost

Algoritmo de aprendizado de máquina CatBoost da Yandex sem conhecimento prévio de Python ou R

O artigo fornece o código e a descrição das principais etapas do processo de aprendizado de máquina usando um exemplo específico. Para obter o modelo, você não precisa de conhecimento prévio em Python

Força bruta para encontrar padrões (Parte II): Imersão

Neste artigo, continuarei o tópico sobre força bruta. Tentarei apresentar melhor os padrões com ajuda de uma nova versão melhorada do meu programa e me esforçarei para encontrar a diferença a nível de

Trabalhando com séries temporais na biblioteca DoEasy (Parte 57): objeto de dados do buffer do indicador

Neste artigo, veremos um objeto que conterá todos os dados de um buffer de um indicador. Tais objetos serão necessários para armazenar dados seriais de buffers de indicadores, e com a ajuda dos quais

Trabalhando com séries temporais na biblioteca DoEasy (Parte 56): objeto de indicador personalizado, obtenção de dados a partir de objetos-indicadores numa coleção

Neste artigo, veremos a criação de um objeto de indicador personalizado para ser usado em Expert Advisors. Vamos modificar ligeiramente as classes da biblioteca e escrever métodos para receber dados

Redes Neurais de Maneira Fácil(Parte 7): Métodos de otimização adaptativos

Nos artigos anteriores, nós usamos o gradiente descendente estocástico para treinar uma rede neural usando a mesma taxa de aprendizado para todos os neurônios da rede. Neste artigo, eu proponho olhar

Redes neurais de Maneira Fácil (Parte 6): Experimentos com a taxa de aprendizado da rede neural

Anteriormente, nós consideramos vários tipos de redes neurais junto com suas implementações. Em todos os casos, as redes neurais foram treinadas usando o método gradiente descendente, para o qual nós

Redes Neurais de Maneira Fácil (Parte 5): Cálculos em Paralelo com o OpenCL

Discutimos anteriormente alguns tipos de implementações da rede neural. Nas redes consideradas, as mesmas operações são repetidas para cada neurônio. Uma etapa lógica adicional é utilizar os recursos

Redes Neurais de Maneira Fácil(Parte 4): Redes Recorrentes

Nós continuamos estudando o mundo das redes neurais. Neste artigo, nós analisaremos outro tipo de rede neural, as redes recorrentes. Este tipo de rede foi proposto para uso com as séries temporais

Redes Neurais de Maneira Fácil (Parte 3): Redes Convolucionais

Como uma continuação do tópico das redes neurais, eu proponho ao leitor a análise das redes neurais convolucionais. Esse tipo de rede neural geralmente é aplicado para analisar imagens visuais. Neste

Abordagem de força bruta para encontrar padrões

Neste artigo, procuraremos padrões no mercado, criaremos Expert Advisors com base neles e verificaremos quanto tempo esses padrões permanecem funcionais