Económico: Ações europeias em queda com estagnação da economia do euro

Económico: Ações europeias em queda com estagnação da economia do euro

14 agosto 2014, 12:02
cebero
1
64

As três principais economias da zona euro tiveram desempenhos fracos no segundo trimestre, acentuando sinais de vulnerabilidade. Ações europeias cedem.

Enquanto isso, o PSI 20, o principal índice português, arrancava acima da linha de água, com ganhos de 0,17% até aos 5.461,28 pontos, depois de ontem ter registado a melhor sessão em mais de um mês.

A dar algum gás ao índice português estão neste momento os títulos da banca, onde o BPI e o BCP subiam cerca de 1%, depois de ontem terem disparado 6%, dando assim continuação à recuperação após a turbulência dos últimos dois meses devido à crise no BES.

Em contraciclo com a bolsa portuguesa seguiam os principais mercados europeus. As quedas eram também ligeiras, com Madrid, Paris e Frankfurt a cair menos de 0,5%.

E isto depois de serem conhecidos os primeiros números do PIB das duas maiores economias da zona euro. As notícias não foram positivas. Por um lado a Alemanha registou uma contração maior do que a esperada de 0,2% no segundo trimestre, enquanto a França estagnou. Na semana passada, Itália anunciara de forma surpreende que voltou a mergulhar em recessão no trimestre anterior. Para esta manhã está ainda agendada a divulgação do PIB da zona euro, incluindo Portugal.

"Convém referir que dado que o PIB nacional no segundo trimestre de 2013 registou uma forte variação, a variação em termos homólogos deverá revelar um baixo crescimento", sublinham os analistas do BPI no Diário de Bolsa. "O BPI aponta para que a taxa de variação do PIB se situe em torno dos 1% no ano, sendo que os factores de risco a curto prazo se prendem com o andamento das economias externas e factores de natureza política".

Face aos dados do PIB das principais que sublinham a vulnerabilidade, o euro seguia pressionado negociando em mínimos de nove meses nos 1,3364 dólares.

Compartilhe com os amigos: