Janet Yellen criticada no Congresso por ter denunciado desigualdades nos EUA

Janet Yellen criticada no Congresso por ter denunciado desigualdades nos EUA

26 fevereiro 2015, 19:44
News
0
92

A presidente da Reserva Federal (Fed), Janet Yellen, foi hoje criticada pelos republicanos no Congresso por ter denunciado as desigualdades sociais nos Estados Unidos e respondeu alegando que não assumiu "uma posição política".

Numa audição na comissão de assuntos financeiros da Câmara dos Representantes, um dia depois de ter estado no Senado, Yellen foi criticada pelos republicanos por ter feito um discurso contra as desigualdades de rendimentos nos Estados Unidos duas semanas antes de eleições para o Congresso.

"Falei de um problema importante que afeta a sociedade norte-americana. Não tomei uma posição política", afirmou Yellen. "Não fiz uma recomendação política", acrescentou.

A presidente do banco central norte-americano afirmou, numa conferência em Boston, em outubro passado, que as desigualdades no país e o fosso cada vez maior entre ricos e pobres a preocupavam "bastante" e questionou-se sobre se esta tendência estaria de acordo com os valores históricos dos Estados Unidos.

Acusada por congressistas republicanos de ter falado no assunto por influência do Partido Democrata, pouco antes das eleições de novembro, Yellen respondeu que as desigualdades constituem um problema que deve "preocupar eleitos dos dois partidos".

Um movimento formado por legisladores republicanos defende atualmente que a Fed deve ser submetida a um maior controlo, mas Yellen tem manifestado a sua oposição considerando que o banco central é mais eficaz se for independente do poder político.

Nas eleições de novembro de 2014, os republicanos reforçaram as suas posições tanto no Senado como na Câmara dos Representantes.

Compartilhe com os amigos: