Fornecedor da Apple na China é acusado de abusos trabalhistas e ambientais

Fornecedor da Apple na China é acusado de abusos trabalhistas e ambientais

5 setembro 2014, 08:39
News
0
88

A fábrica chinesa Catcher Technology, que fornece componentes para a gigante de informática americana Apple, violou os padrões básicos de saúde, segurança e proteção ambiental - revela um informe divulgado nesta quinta-feira.

As organizações China Labor Watch e Green America fizeram a denúncia em um relatório de 25 páginas baseado em uma investigação feita em agosto na Catcher Technology. A unidade fica na cidade de Suqian.

Consultada sobre o tema, a Apple disse à AFP que realiza auditorias na fábrica, regularmente, e que trabalha com seus operadores para melhorar os padrões e implementar melhores práticas.

"A Apple tem o compromisso de garantir a segurança e condições seguras de trabalho para todos em nossa cadeia de abastecimento", declarou, em nota, a empresa com sede na Califórnia, fabricante dos iPhones, iPads, iPods e computadores Macintosh.

A Labor Watch disse que uma investigação feita no ano passado na Catcher identificou problemas similares. A organização garante que, na época, foram enviados comunicados privados à Apple e que nenhuma melhoria foi vista desde então.

"As violações à saúde e à segurança encontradas nessa fábrica por dois anos consecutivos são alarmantes", denunciou a diretora de campanhas da Green America, Elizabeth O'Connell.

"A falta de treinamentos de segurança nessa instalação e a manipulação inadequada de materiais perigosos contribuem para o risco de emergências que constituem uma ameaça para a vida", acrescentou.

A Catcher é administrada por uma empresa matriz com sede em Taiwan de mesmo nome e emprega cerca de 20 mil funcionários, de acordo com o relatório.

A fábrica declara fazer componentes para companhias como Sony, Motorola, Hewlett-Packard e Dell.

Os problemas observados na instalação incluem saídas de emergência bloqueadas, o derramamento de dejetos industriais em rios, horas extras forçadas e falta de ventilação. A investigação também descobriu dejetos de uma liga de alumínio e magnésio no solo, além de partículas de pó desses metais no ar.

As horas de trabalho de mais de um milhão de trabalhadores na cadeia de fornecedores são monitoradas semanalmente pela Apple. Segundo a gigante americana, a Catcher tem uma média de 95% de cumprimento com um teto de 60 horas por semana.

A Catcher é um dos 160 fornecedores que fazem parte de um programa de treinamento da Apple concentrado em meio ambiente, saúde e práticas de segurança.

Compartilhe com os amigos: