Principais bolsas asiáticas fecham em alta, mas mercados menores recuam

Principais bolsas asiáticas fecham em alta, mas mercados menores recuam

22 abril 2015, 17:25
News
0
64

As grandes bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quarta-feira, seguindo o comportamento do Xangai Composto, que saltou após a agência estatal de notícias Xinhua comentar que o mercado de ações chinês está "apenas no início" de uma tendência de valorização. O principal índice acionário da China subiu 2,4%, a 4.398,49 pontos. Mercados menores da região e a bolsa australiana, porém, registraram perdas.

O rali em Xangai veio apesar do anúncio do primeiro calote por uma empresa estatal chinesa, o fabricante de equipamentos elétricos Baoding Tianwei, que não conseguiu honrar o pagamento de 85,5 milhões de yuans (US$ 13,78 milhões) em juros de seus bônus, que venceram ontem.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng avançou 0,3%, a 27.933,85 pontos, mantendo-se abaixo da barreira de 28.000 pontos, enquanto em Taiwan, o Taiex ganhou 0,8%, a 9.613,00 pontos, ajudado por ações de empresas ligadas à Apple.

Na noite de hoje, os investidores vão acompanhar índices de atividade (PMI) preliminares do setor industrial da China e Japão referentes a abril. Em março, as leituras chinesas vieram mistas: na pesquisa do HSBC, o PMI recuou para 49,6 no mês passado, sugerindo contração da atividade na indústria, enquanto o dado oficial do escritório de estatísticas subiu para 50,1, indicando expansão.

Em mercados de menor peso da Ásia, o dia foi de retração. o índice sul-coreano Kospi teve queda marginal de 0,04% em Seul, a 2.143,89 pontos, enquanto o filipino PSEi cedeu 0,2% em Manila, a 7.833,03 pontos, e o indonésio Jacarta Composto recuou 0,43%, a 5.437,12 pontos, influenciado por uma queda de 4% nos papéis da mineradora de níquel da Vale no país.

Na Oceania, a Bolsa de Sydney também encerrou o pregão em baixa, pressionada por ações dos setores bancário e de energia. O S&P/ASX 200, que reúne as empresas mais negociadas da Austrália, caiu 0,6%, a 5.837,50 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Compartilhe com os amigos: