Dólar em NY registra queda frente ao euro pelo 4º dia

Dólar em NY registra queda frente ao euro pelo 4º dia

29 abril 2015, 14:00
News
0
58

O dólar desvalorizava ante o iene e euro, no fim da tarde desta terça-feira, 28, com investidores cautelosos antes do anúncio, amanhã, da decisão de política monetária do Federal Reserve. A moeda norte-americana recuava ante o euro pelo quarto dia, com os investidores também à espera da divulgação da primeira estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no primeiro trimestre.

No fim da tarde, o dólar recuava a 118,86 ienes, de 119,07 ienes. Já o euro avançava a US$ 1,0979, de US$ 1,0892 ontem.

O euro avançou cerca de 4% ante o dólar desde que a moeda comum recuou para sua mínima em mais de 12 anos, em março. Hoje, a leitura mais fraca da confiança do consumidor nos EUA, divulgada pelo Conference Board, pressionou o dólar. O índice de confiança caiu de 101,4 pontos em março para 95,2 em abril, ante expectativa dos analistas de 102,5 pontos.

O indicador é o mais recente de uma série de leituras fracas de dados econômicos dos EUA que pesaram sobre o dólar. Segundo Camilla Sutton, estrategista-chefe de câmbio do Scotiabank, os rumores de que a China pode lançar mão de mais medidas de afrouxamento também pesaram sobre a moeda dos EUA. No dia 19, o Banco do Povo da China reduziu o compulsório dos bancos pela segunda vez em dois meses. Um afrouxamento chinês elevaria o apetite dos investidores por ativos de maior risco, tirando os investidores do dólar.

Steve Lee, gerente de portfólio da Nuveen Asset Management, nota que os dirigentes do Fed estão prestando mais atenção para o fato de que o dólar mais valorizado impacta o crescimento e a inflação. "Por si só, um dólar mais forte não é o suficiente para atrasar a alta na taxa de juros", afirmou Lee. Segundo ele, o monitoramento do Fed não afetará a direção do dólar, mas pode sim afetar a magnitude das variações cambiais, tornando a valorização da moeda norte-americana mais gradual.

Compartilhe com os amigos: