Fed Banco central dos EUA inicia reunião que pode sinalizar subida das taxas de juro

Fed Banco central dos EUA inicia reunião que pode sinalizar subida das taxas de juro

18 março 2015, 17:34
News
0
95
A Reserva Federal (Fed), banco central norte-americano, começou hoje uma reunião de dois dias, seguida com particular atenção pelos mercados dado que pode dar sinais sobre uma subida das taxas de juro nos próximos meses.

A Fed deverá deixar as suas taxas de referência inalteradas e próximas de zero (entre 0% e 0,25%), um nível que se mantém desde a crise financeira de 2008.

Mas, muitos economistas esperam que o banco central deixe de dizer que "pode ser paciente" antes de uma normalização da política monetária, o que pode assinalar uma primeira subida das taxas de juro a partir de junho, provavelmente em setembro, se a recuperação da economia norte-americana continuar.

A presidente da Fed, Janet Yellen, dará uma conferência de imprensa na quarta-feira após a reunião.

Os mercados estarão atentos ao impacto da reunião no dólar, que desde o início deste ano tem conhecido uma forte valorização em relação ao euro, numa altura em que se antecipa a subida das taxas de juro nos Estados Unidos e quando o Banco Central Europeu deu início a um programa alargado de compra de ativos para impulsionar a economia na zona euro.

A Fed deverá também divulgar na quarta-feira as suas previsões macroeconómicas, que podem ser melhores quanto ao desemprego, mas menos otimistas em relação ao crescimento e à inflação, afirmam vários economistas. Alguns indicadores económicos divulgados desde o início do ano e numa época de inverno rigoroso têm sido fracos (construção de casas, vendas a retalho, encomendas industriais).

Compartilhe com os amigos: