O RISCO E O ACASO

O RISCO E O ACASO

6 janeiro 2018, 22:31
Anderson Braga
0
8 836
Para você que está dando seus primeiros passos no mercado ou mesmo para você com muita experiência vale tomar 5 minutos do seu tempo para dar uma lida em uma Sacada muito importante sobre o RISCO e o ACASO.

Até 1697 só existiam Cisnes Brancos no mundo, porém naquele mesmo ano em uma viagem a Austrália foi possível quebrar esse paradigma e pela primeira vez um Cisne Negro foi visto.
O que isto tem a nos dizer e que o matemático Nassim Thaleb faz questão de ressaltar em todos os seus ensaios sobre a Aleatoriedade e o Acaso é que ao trabalharmos com o Mercado Financeiro e assumirmos o Risco de um determinado Investimento o ACASO pode estar predestinado e se não contamos com o mesmo pela pequena probabilidade que existe de tal evento acontecer no dia que este vir a ocorrer estaremos expostos a largos prejuízos.

Voltamos ao exemplo inicial e reformulamos o mesmo. Imagine você agora alguém pede para você apostar o quanto quisesse em que não existe elefantes VERDES pois ele aposta que existem e quem estiver certo até uma determinada data ganha a aposta? As chances são grandes de que como na situação do Cisne Negro por nunca termos visto nem ouvido falar antes de um elefante verde apostaríamos tudo mas tudo mesmo crente que o mesmo não existe nem pode existir afinal os Elefantes são Cinzas e é “impossível que exista um elefante verde”. Porém e se a contraparte possuísse uma informação que ninguém possui e logo depois da sua aposta fosse divulgada a descoberta de um Elefante Verde em algum lugar inóspito do planeta, como dito toda sua confiança na certeza sobre algo o levou a perder tudo que apostou.

Pois é esta Metáfora deixa muita claro o cuidado e a prudência que se faz necessária no lido com Investimentos de forma geral, mas principalmente na negociação de instrumentos Financeiros, ainda mais aqueles que são alavancados.

Como sabemos o sucesso no mercado vem da consistência dos resultados no longo prazo. Essa consistência só é alcançada através da Disciplina em combinar uma Boa Estratégia de Sucesso com Gestão Apurada do RISCO. Como o ACASO que conversamos está ligado ao Risco de uma determinada operação é na Gestão de Risco que a Teoria do ACASO deve estar presente.

Esta é a única forma de evitarmos o excesso de Confiança que se constrói com o passar do tempo e a confirmação de bons resultados. Não é fácil manter sua Gestão do Risco de forma conservadora ao longo do tempo exatamente pelo dano que o excesso de Confiança ele traz afinal passamos a ver o Controle do Risco como um entrave ao sucesso já comprovado.

No entanto sem a possibilidade de contarmos com a eminência de algum evento catastrófico (cenário de Stress) a qualquer momento dentro do nosso modelo do Risco jamais estaremos seguros quanto a este e a história mostra que todos que foram precavidos neste sentido em momentos de Stress reagiram de uma forma muito melhor que os demais, muitas vezes com prejuízos também, mas pelo menos com este em níveis gerenciáveis.

Lembre-se, você sendo um Trader estará a todo momento no controle do seu dinheiro através das operações que irá realizar. Por mais certo que esteja dentro da sua gestão de Risco conte sempre com um cenário de Stress para criar consciência do que pode ocorrer ao seu dinheiro caso o ACASO resolva aparecer, isso por mais que você possua um perfil mais agressivo e não se importe com as perdas que possa ter.
Compartilhe com os amigos: