O que é Day Trade?

23 setembro 2017, 05:05
Marcos Pereira
0
20


O que é Day Trade?


Todos os dias centenas de  bilhoes de dólares são movimentados por day traders em negociações de compra e venda de ativos  nas bolsas de valores  ao redor do mundo.  Você sabia que uma grande parte deste dinheiro é movimentado única e exclusivamente para um tipo de operação  chamada de day trade? Neste artigo nós vamos entender o que é o day trade e como ele funciona.

Basicamente, a palavra "trade" significa um negócio. No ambiente da bolsa de valores e dos mercados financeiros, um trade é uma negociação feita com um ativo  tal como açoes, contratos futuros etc.

Por exemplo, quando um trader compra 10.000 ações da petrobras , ele fez um trade de compra. Caso, algum tempo depois, ele decida vender  10.000 açoes, este investidor fez novamente um trade, vendendo. Neste exemplo, o trader pode ter obtido um lucro ou prejuizo de acordo com a diferença dos preços negociados na compra e na venda.Se  estes trades foram feitos durante um mesmo dia, dizemos que este trader fez um day trade.

Aí está a chave para entender o que é day trade: A junção da palavra day ( dia) e trade ( negócio ), significa então que um day trade é uma negociação feita por um trader, no qual, por exemplo, ele compra e vende uma mesma quantidade de um ativo durante um mesmo dia, buscando obter um lucro rápido com esta diferença de preços.

Como funciona o day trade

Você já viu um gráfico que mostra a movimentação do preço de um ativo com alta liquidez durante um dia de negociação? Veja este gráfico que mostra a movimentação dos preços de uma ativo negociado na bolsa de valores em apenas um dia de negociação. No eixo  X temos a escala dos preços e no eixo Y abaixo vemos uma escala do tempo. Perceba a variação que ocorre nos preços durante este dia! O day trader, então, busca identificar oportunidades  para fazer trades rápidos e com boa probabilidade de acerto e lucrar com este tipo de variação dos preços.

Para o completo entendimento de como se ganha dinheiro com o day trade, vamos utilizar um exemplo de fora da bolsa de valores:

Suponhamos que o preço de um determinado produto neste momento seja de 10,00 por unidade. Caso você compre 10.000 unidades deste produto e alguns minutos depois você consiga vender estas 10.000 unidades por 10,05, podemos dizer que você fez uma espécie de day trade e lucrou 500,00 nesta operação.

No mercado financeiro esses produtos negociados são as ações, opções e contratos futuros e você pode fazer estes tipos de trades de forma completamente eletrônica, em sua casa através de um computador conectado na internet!

O que eu preciso para fazer day trade

O day trade pode ser feito por qualquer pessoa física, e é uma atividade totalmente legalizada e regulamentada pelas bolsas de valores. Primeiramente você precisa abrir uma conta em uma corretora de valores com acesso à BM&FBovespa, o que é feito geralmente muito rapidamente e sem burocracia.  Após isso, você precisará de uma plataforma profissional para receber os dados de negociação em tempo real, podendo assim ler e analisar o mercado e assim, com um treinamento adequado, identificar oportunidades  executar os seus trades.

Custos operacionais do day trade

O custo das operações de day trade é composto por três variáveis: custo bolsa, corretagem e imposto de renda.

O custo bolsa varia de acordo com o ativo operado, mas é basicamente calculado como uma porcentagem do valor financeiro movimentado em seus trades. Este é um  custo que é cobrads pelas bolsas  e você pode conhecer melhor estes custos diretamente no site da BM&FBovespa.

A corretagem é um custo cobrado direta você negociará diretamente com a corretora que escolher operar, geralmente as corretoras oferecem pacotes fechados e que melhoram os custos finais para o cliente. E por fim temos o IR(imposto de renda), a alíquota para as operações de day trade é de 20% sem isenção. A apuração do imposto devido em caso de ganho é mensal e o pagamento através de uma DARF. Os mini-contratos disponíveis na BM&FBovespa, como mini-índice e mini-dólar são os ativos mais adequados para o day trade atualmente. Grande parte do volume operado nestes contratos é feito por pessoas físicas principalmente por terem um custo benefício excelente e alta liquidez.

A dura realidade do day trade

Para muitos, o day trade parece a melhor profissão do mundo. Você trabalha em casa ou qualquer lugar que tenha uma boa conexão com a internet, algumas horas por dia, ganha muito dinheiro  e diz adeus ao seu chefe! Porém, nós da DAY TRADER PRO temos como missão e responsabilidade sempre ressaltar que a atividade de day trading exige um alto comprometimento, centenas de horas de vivência do mercado financeiro, um ótimo treinamento e um mindset adequado. Trata-se de uma atividade que envolve sempre um contato constante com os riscos de perda financeira pois nunca existe certeza se um trade vai dar certo ou não, apenas probabilidades...Um day trader experiente aprende a identificar as situações onde existem boas probabilidades de acerto. E para chegar neste nível existe um longo caminho. Enfim: day trade envolve riscos e poucos são os que conseguem se desenvolver plenamente nesta atividade e torná-la sua principal fonte de renda.

Porém, é possível viver de day trade!

É importante você que se saiba que sim, é possível se viver de day trade! Tornar-se um day trader é uma maravilhosa realidade para aqueles que conseguem vencer os desafios e riscos do processo de aprendizado. Vai encarar?

                       ( Por Marcos Sepó - www.roboforexsystem.net  )




Compartilhe com os amigos: