Bolsas dos EUA quase inalteradas à espera de ouvir Yellen

Bolsas dos EUA quase inalteradas à espera de ouvir Yellen

2 dezembro 2015, 19:00
News
0
95

As bolsas dos Estados Unidos abriram praticamente inalteradas, numa altura em que os investidores aguardam pelo discurso de Janet Yellen para obterem pistas sobre o próximo movimento da Fed. 

Os principais índices norte-americanos abriram quase inalterados esta quarta-feira, 2 de Dezembro, antes do discurso de Janet Yellen, e numa altura em que cresce a especulação que o Banco Central Europeu (BCE) vai anunciar novos estímulos à economia depois da reunião mensal, que se realiza esta quinta-feira.

O índice industrial Dow Jones cai 0,06% para 17.878,3 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq sobe 0,04% para 5.158,63 pontos. Já o S&P500 desce 0,1% para 2.101,00 pontos. 

A presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, Janet Yellen, dicursa esta tarde no Economic Club of Washington, palavras que vão ser acompanhadas atentamente pelos investidores, que procuram pistas sobre o próximo movimento da Fed.

Nas últimas semana tem crescido a especulação que a Reserva Federal vai anunciar o primeiro aumento dos juros desde 2006 já em Dezembro, com uma série de indicadores económicos a darem força a esta projecção.

Ainda esta quarta-feira foi divulgado que as empresas privadas dos Estados Unidos criaram mais postos de trabalho, em Novembro, do que era esperado. Um relatório do ADP Research Institute mostra que o sector privado criou 217 mil postos de trabalho no mês passado, o maior aumento dos últimos cinco meses.

O presidente da Fed de Atlanta, Dennis Lockhart mostrou-se, hoje, favorável a uma subida da taxa directora este mês, a menos que sejam divulgados dados que mudem "drasticamente" as projecções económicas.

O presidente da Fed de São Francisco também presta declarações esta quarta-feira, e Janet Yellen volta a discursar amanhã, perante o Congresso.   

Na sexta-feira, serão divulgados os dados oficiais sobre a taxa de desemprego e a criação de novos postos de trabalho ("payrolls"), em Novembro. 
Compartilhe com os amigos: