Previsão EUR/USD, 6 de Novembro de 2015, Análise Técnica

Previsão EUR/USD, 6 de Novembro de 2015, Análise Técnica

6 novembro 2015, 17:48
News
0
152

O par EUR/USD retraiu e avançou durante a sessão de Quinta-feira, já que continuamos a pairar junto à linha de tendência ascendente, a partir do triângulo a longo prazo. Com isto, será, provavelmente, após a saída dos números das Folhas de Pagamentos Não Agrícolas que veremos a verdadeira decisão deste mercado em particular. Esta vela parece muito neutra e, consequentemente, parece que, uma vez quebrados numa direção ou noutra, o mercado poderá, finalmente, avançar para onde está destinado, ao longo das próximas sessões.

A linha de tendência ascendente é, obviamente, muito importante e determina, basicamente, a mudança a longo prazo, neste mercado em particular, já que a mesma se carateriza por uma série de bancos centrais que procuram formas de matar o valor da sua própria moeda. Para além disso, nós tivemos declarações recentes de Janet Yelley, no sentido de que os Estados Unidos poderão ter que esperar um aumento das taxas de juro, durante mais tempo do que o antecipado e, possivelmente, até avançar para uma taxa de juros negativa. Isto foi logo após o Banco Central Europeu ter sugerido que poderia estar por chegar um maior estímulo. Por outras palavras, nós ainda estamos muito por dentro da guerra da moeda que tornou a negociação da moeda tão volátil, recentemente.

Se nós quebrarmos acima do topo da variação para a sessão de Quinta-feira, iremos, mais do que provavelmente, rumar ao patamar 1.11. Não será, necessariamente, fácil, existe muito ruído acima, mas, muito sinceramente, é provável que tal vá acontecer, dado o devido tempo. Acima do nível 1.11, este mercado ruma depois ao patamar 1.13. Dito isto, se quebrarmos abaixo do fundo da variação para Quinta-feira, neste momento, é provável que este mercado esteja livre para quebrar abaixo do patamar 1.08, que enviaria o Euro para baixo, para o nível 1.05, dado o devido tempo. É por isto que sentimos que estes números do emprego, em geral, são vitais para o mercado da moeda e para os seus movimentos, atualmente. Entre o agora e o depois, nós estaríamos muito desconfiados quanto à colocação das posições.


Compartilhe com os amigos: