Start-ups: Há 40 unicórnios na Europa e mais poderão vir a caminho

Start-ups: Há 40 unicórnios na Europa e mais poderão vir a caminho

4 outubro 2015, 17:26
News
0
92

Um estudo desenvolvido pela GP Bullhound mostra que há 40 start-ups unicórnio na Europa, isto é, que têm uma avaliação de mil milhões de dólares ou superior. E há outras a caminho.

A empresa britânica GP Bullhound – que presta aconselhamento estratégico em fusões e aquisições e em colocações privadas a empreendedores, empresas e investidores – realizou um estudo em Junho, onde mostra que há quatro dezenas de start-ups unicórnios na Europa, isto é como avaliações de mil milhões de dólares ou superiores. No Verão de 2014, época em que foi realizado um estudo semelhante, existiam 30 unicórnios no Velho Continente.

A Farfetch de José Neves está entre este leque de empresas com tal avaliação. A BlaBlaCar, a Shazam, a Transferwise e a Home 24 são outras integrantes desta lista de novos unicórnios. Mas houve três empresas que deixaram de estar entre o conjunto de empresas com uma avaliação de mil milhões de dólares ou mais: a britânica boohoo.com, a eDreams ODIGEO e a britânica Monitise.


Entre as previsões da GP Bullhound para integrarem este "clube" estão empresas como a germânica SoundCloud, a sueca iZettle e também a alemã Foodpanda. De acordo com os dados da Crunchbase - site ligado ao empreendedorismo e inovação e que compila vários dados, a SoundCloud já recebeu financiamento superior a 123 milhões de dólares, através de cinco rondas de financiamento e junto de 10 investidores.

A sueca iZettle, segundo o Crunchbase, obteve já mais de 175 milhões de dólares em investimento, através de cinco rondas de financiamento e 26 investidores. E a Foodpanda captou já 218 milhões de dólares em seis rondas através de 11 investidores.


Reino Unido é o país com mais unicórnios

Entre os países europeus, o Reino Unido é o "campeão" dos unicórnios, tendo 17. Entre este conjunto, estão companhias como Shazam, Farfetch e Asos. Em segundo lugar surge a Suécia, com seis start-ups. O Spotify é uma delas. 


A Index Ventures é, de acordo com este estudo, o fundo de investimento que apostou em mais unicórnios: 10.


Ainda em termos de investimento, 37% destes unicórnios recebeu financiamento de um conjunto de cinco a oito investidores institucionais.

O documento da GP Bullhound mostra ainda que 87% destas quatro dezenas de empresas tem, pelo menos, um dos fundadores na sua gestão. Mas apenas 52% das start-ups têm todos os seus fundadores ligados à operação. E 13% dos unicórnios viram os seus fundadores deixar a gestão da empresa.

Compartilhe com os amigos: