Wall Street cai com decisão da Fed a suscitar receios em torno da economia mundial

Wall Street cai com decisão da Fed a suscitar receios em torno da economia mundial

18 setembro 2015, 22:28
News
0
72

As principais bolsas do outro lado do Atlântico abriram em terreno negativo, com os investidores a especularem que a decisão da Reserva Federal norte-americana de não subir as taxas de juro reflecte maiores preocupações relativamente à solidez da economia global

O Dow Jones segue a ceder 0,57% para 16.579,47 pontos e o Standard & Poor’s 500 recua 1% para 1.971,06 pontos.

 O índice tecnológico Nasdaq Composite, por seu lado, segue a desvalorizar 1,33%, para se fixar nos 4.828,67 pontos. Também na Europa os índices accionistas estão a registar quedas acentuadas devido à decisão da Fed. O Stoxx 600 desce 2,09% e o alemão DAX desvaloriza 3,19%.

 Para o mercado, o adiamento da subida da taxa de juro de referência coloca em causa a solidez da economia global. A presidente da Reserva Federal, Janet Yellen, disse que a desaceleração da economia chinesa e a preocupação com os mercados emergentes em geral foram motivo para a prudência revelada.

 O mercado está agora na expectativa para saber se será na reunião de Outubro que a Fed vai decidir-se por subir os juros, em mínimos históricos (entre 0% e 0,25%) desde finais de 2008, mas o consenso está a apontar para Dezembro. Desde finais de 2006 que a Fed não sobe as taxas de juro de referência.

 Já ontem, quinta-feira, os principais índices norte-americanos fecharam em baixa, já a reagirem à decisão da Fed. A única excepção foi o Nasdaq.

 "Os mercados estão a sentir que a Fed não está apenas preocupada com a economia norte-americana, mas também com a economia a nível mundial", comentou à Bloomberg um corretor da X-Trade Brothers DM SA, Pedro Ricardo Santos.

 A Netflix e a Yahoo lideram as perdas no sector tecnológico, a caírem em torno de 2%.

 No sector financeiro, o Morgan Stanley e o JPMorgan Chase dão o mote às quedas, a recuarem 1%.

Compartilhe com os amigos: