Bolsas dos EUA sobem mais de 1% depois da terceira maior queda do ano

Bolsas dos EUA sobem mais de 1% depois da terceira maior queda do ano

2 setembro 2015, 19:11
News
0
121
As bolsas norte-americanas estão a valorizar mais de 1%, recuperando de duas sessões consecutivas de perdas. Os investidores estão atentos à divulgação de dados a poucos dias de a Fed poder subir os juros.

Os principais índices norte-americanos abriram em alta esta quarta-feira, 2 de Setembro, depois de duas sessões consecutivas de perdas.

O índice industrial Dow Jones sobe 1,2% para 16.251,36 pontos, e o tecnológico Nasdaq ganha 1,3% para 4.696,36 pontos. Já o S&P500 valoriza 1,1% para 1.935,06 pontos, depois de ter descido 3% na sessão de ontem - a terceira maior queda deste ano – dando início àquele que é, historicamente, o pior mês do ano. O índice S&P500 perde, em média, 1,1% em Setembro, de acordo com os dados compilados pela Bloomberg, que recuam a 1927.

"A volatilidade vai manter-se elevada durante algum tempo", referiu, em declarações à Bloomberg, Teis Knuthsen, director de investimentos do Saxo Bank, em Hellerup, Dinamarca. "A China ainda está a causar pânico nas pessoas. Mas muitas empresas começam a estar demasiado baratas e o mercado acabará por encontrar um nível de suporte, especialmente se a Fed não subir as taxas este mês".

Perante receios crescentes de que o abrandamento da China tenha fortes impactos na evolução da economia global, o mercado está agora a apontar para uma probabilidade de 34% de que a Fed suba os juros este mês, face a 38% na segunda-feira.

Os responsáveis da Reserva Federal norte-americana têm pouco mais de duas semanas para avaliarem os mais recentes indicadores e decidir se vão ou não aumentar os juros em Setembro.

Esta quarta-feira, foi divulgado que o sector privado criou 190 mil postos de trabalho em Agosto, um valor inferior às estimativas dos economistas consultados pela Bloomberg, que apontavam para um total de 200 mil. Os números do governo relativos à criação de postos de trabalho e à taxa de desemprego, em Agosto, serão conhecidos esta sexta-feira. 

O sector tecnológico, um dos mais pressionados na sessão de ontem, destaca-se nos ganhos esta quarta-feira, com a Apple a valorizar 1,72% para 109,57 dólares, após ter caído 4,47%, a Microsoft a ganhar 1,05% para 42,26 dólares e a Netflix a somar 0,98% para 106,82 dólares, depois de ter desvalorizado mais de 8% na sessão de ontem. 

Compartilhe com os amigos: