BCE eleva teto de empréstimos emergenciais a bancos gregos em 900 mi de euros

BCE eleva teto de empréstimos emergenciais a bancos gregos em 900 mi de euros

22 julho 2015, 22:00
News
0
76

O Banco Central Europeu (BCE) elevou em 900 milhões de euros o limite dos recursos que os bancos da Grécia podem tomar emprestados por meio do programa de assistência emergencial de liquidez (ELA, na sigla em inglês), informou uma fonte. Este é o segundo aumento na mesma proporção. O teto dos empréstimos passou para 90,9 bilhões de euros, de 90 bilhões de euros.

O movimento aumenta a corda de segurança, ainda que modestamente, aos bancos gregos que ficaram fechados do final de junho até meados de julho, no auge das negociações entre a Grécia e seus credores internacionais sobre um pacote de ajuda financeira.

A decisão veio dois dias depois que Atenas pagou uma dívida ao BCE no valor de 4,2 bilhões de euros para resgatar títulos detidos no banco central, acrescidos de juros. Isso evitou um potencial default que poderia ter forçado o BCE a reduzir ou cortar o financiamento.

Comentando na última quinta-feira sobre a decisão do BCE de reiniciar novos empréstimos da ELA depois de três semanas de feriado bancário, o presidente do BCE, Mario Draghi, disse, que "várias coisas positivas tem acontecido e que justificam o aumento da ELA", aprovada em 16 de julho.

O Parlamento grego vota nesta quarta-feira a segunda rodada de reformas econômicas que seus credores têm insistido como uma condição para a ajuda financeira. 

Compartilhe com os amigos: