Regulador dos EUA investiga notícia que fez disparar acções do Twitter

Regulador dos EUA investiga notícia que fez disparar acções do Twitter

15 julho 2015, 19:00
News
0
113

A Securities and Exchange Commission (SEC) vai apurar se houve manipulação de mercado na publicação de uma notícia falsa que dava conta que a rede social iria ser alvo de uma aquisição.

A notícia de que o Twitter teria recebido uma oferta de compra superior a 30 mil milhões de dólares fez disparar as acções da rede social durante vários minutos durante a sessão de terça-feira.

 A notícia era falsa e as acções corrigiram, mas o regulador do mercado norte-americano vai avançar com uma investigação para apurar se houve manipulação de mercado, noticia a Bloomberg esta quarta-feira.

 Eram quase 11h30 em Nova Iorque, quando surgiu o rumor no mercado fruto de uma notícia publicada pela Bloomberg. O Twitter teria sido alvo de uma oferta de compra. As acções dispararam da cotada norte-americana 8,5% num ápice. Mas, em menos de 10 minutos, a própria rede social servia para que a notícia fosse desmentida pela agência de notícias. 

 Uma notícia, aparentemente avançada pela Bloomberg, causou grande agitação na manhã desta terça-feira Wall Street: o Twitter teria sido alvo de uma oferta de compra no valor de 31 mil milhões de dólares. Os investidores, agradados com a notícia, acorreram a comprar acções da rede social que, em poucos minutos, chegou a disparar mais de 8% para os 38,82 dólares, o valor mais elevado desde o início de Maio.

 Contudo, a agência de notícias norte-americana utilizou o Twitter para revelar que aquela notícia era falsa. Algo que até podia ser facilmente constatado através da análise ao link da notícia que começava com "Bloomberg.market" e não com "Bloomberg.com", revelou a CNNMoney. Além disso, era mencionado o nome de Dick Costolo, antigo presidente-executivo do Twitter e não do actual, Jack Dorsey. Com este esclarecimento, as acções travaram a subida, mas ainda assim fecharam o dia a subir mais de 2% para 36,72 dólares.

 

Compartilhe com os amigos: