Maioria das bolsas asiáticas fecha em leve queda

Maioria das bolsas asiáticas fecha em leve queda

29 maio 2015, 15:46
News
0
58

A maioria das bolsas asiáticas fechou em leve baixa nesta sexta-feira, 29, em meio a um sentimento de cautela que predomina entre os investidores após a forte queda do mercado acionário de Xangai na quinta-feira, de 6,5%. Além disso, o mercado aguarda o lançamento de ofertas públicas iniciais (IPOs, na sigla em inglês) de algumas empresas chinesas na semana que vem.

Um dos IPOs mais aguardados é o da China National Nuclear Power Corp, uma das duas grandes empresas do setor energético nuclear do país. A operação deve levantar mais de US$ 2 bilhões na maior oferta pública inicial voltada exclusivamente ao mercado doméstico chinês em cinco anos. Diante dessa expectativa, o índice Xangai encerrou o dia em queda de 0,18%, a 5.777,20 pontos, depois de chegar a cair 4% na mínima da sessão.

O recuo acentuado, tanto no pregão de ontem quanto na mínima de hoje, lançou dúvidas sobre a sustentabilidade do aumento do mercado acionário chinês, que mais que dobrou este ano em relação ao ano passado. Também deu munição aos analistas que há meses apontam para uma lacuna cada vez maior entre os preços das ações e realidade econômica.

"Os investidores de varejo estão ficando nervosos após a queda de quinta-feira", disse Gerry Alfonso, diretor de operações da Shenwan Hongyuan Securities. A volatilidade destaca os desafios que Pequim enfrenta na tentativa de gerir o mercado financeiro da China. Medidas de estímulo anunciadas desde novembro do ano passado e a expectativa por novas medidas provocaram um rali ao longo deste ano.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve queda de 0,11%, a 27.474,19 pontos e, em Taiwan, o índice Taiex caiu 0,10%, a 9.701,07 pontos. Na direção contrária, o índice Kospi, da Coreia do Sul, teve alta de 0,19%, a 2.114,80 pontos.

Na Oceania, o avanço de papéis de instituições financeiras contribuiu para que o índice S&P/ASX 200, da Bolsa de Sydney, encerrasse a sessão com ganho de 1,1%, a 5.777,20 pontos. Os operadoras atribuíram o bom desempenho a uma combinação entre uma maior busca por ações mais baratas e liquidações de fim de mês. O banco ANZ, por exemplo, subiu 1,44%.

Compartilhe com os amigos: