Mercados em Perspectiva: Repsol recupera valor perdido desde nacionalização da YPF

Mercados em Perspectiva: Repsol recupera valor perdido desde nacionalização da YPF

1 setembro 2014, 11:55
News
0
50
Indemnização estatal de 5 mil milhões de dólares servirá para a energética comprar activos de exploração na América do Norte. Tensão na Ucrânia afectou moeda da vizinha Polónia.

Repsol A energética espanhola apresentou, em Julho, resultados acima do esperado para o segundo trimestre e a acção já recuperou o valor perdido, em 2012, quando a Argentina nacionalizou a YPF. Com a indemnização de 5 mil milhões de dólares paga pelo governo argentino, a Repsol quer comprar activos de exploração na América do Norte, longe de envolventes políticas instáveis. A compra de activos de gás natural da canadiana Talisman Energy, em vez da empresa toda, parece ser o cenário mais provável. A tendência principal da acção mantém-se positiva, podendo atingir os 19 euros nas próximas semanas. O próprio IBEX 35, índice integrado pela Repsol, tem margem para iniciar um novo movimento de subida.

EUR/AUD A valorização do dólar australiano, que levou o AUD/JPY a registar um novo máximo anual na semana passada, levou o EUR/AUD a aproximar-se de um suporte de longo prazo. Este suporte é constituído pelo mínimo de Novembro, nos AUD 1,4047, que coincide com os 50% de correcção da subida iniciada em Março de 2013 e concluída em Janeiro deste ano. Os investidores devem preparar-se para reduzir as posições de venda, uma vez que o par deverá encontrar compradores nesta zona. Com as posições de venda no EUR/USD a aproximar-se de máximos dos últimos 20 meses, é provável que ocorra um ressalto. Se o par quebrar o suporte, o EUR/AUD tem margem para cair até aos AUD 1,3595.

GBP/PLN Na quinta-feira passada, o presidente ucraniano Poroshenko cancelou uma visita à Turquia para se concentrar na actividade das tropas russas dentro da Ucrânia, o que pressionou as divisas da Europa de Leste. Por partilharem fronteiras com a Ucrânia, as moedas da Polónia e da Hungria foram vendidas, com o zloty polaco a registar a pior sessão de Agosto. Prefiro vender o zloty contra a libra, depois das vendas a retalho no Reino Unido terem atingido máximos dos últimos seis meses. No relatório da Confederação da Indústria Britânica publicado na quinta-feira, as expectativas alcançaram o nível mais alto desde 2002, fazendo antever mais crescimento económico nos próximos meses.

Compartilhe com os amigos: