Download MetaTrader 5

Discussão do artigo "Redes Neurais de Terceira Geração: Redes Profundas"

Para adicionar comentários, por favor Conecte-se ou registrar
MetaQuotes Software Corp.
Moderador
190211
MetaQuotes Software Corp.  

Novo artigo Redes Neurais de Terceira Geração: Redes Profundas foi publicado:

Este artigo é dedicado a uma nova perspectiva na direção da aprendizagem de máquina - o aprendizado profundo ou, para ser mais preciso, redes neurais profundas. Esta é uma breve revisão das redes neurais de segunda geração, a arquitetura de suas conexões e tipos principais, os métodos e regras de aprendizagem e suas principais desvantagens seguido pela história do desenvolvimento da rede neural de terceira geração, os seus principais tipos, peculiaridades e métodos de treinamento. Conduzida por experimentos práticos sobre a construção e treinamento de uma rede neural profunda, iniciada pelos pesos de uma pilha de autoencoders (Stacked Autoencoders) contendo dados reais. Todas as etapas, desde a seleção dos dados de entrada até a derivação métrica, serão discutidas em detalhe. A última parte do artigo contém uma implementação de um programa de rede neural profunda em um Expert Advisor com um indicador embutido, baseado em MQL4/R.

Este artigo vai considerar as principais idéias deste assunto, tais como a Aprendizagem Profunda e a Rede Profunda sem cálculos complexos em termos leigos.

Experimentos com os dados reais confirmam (ou não) as vantagens teóricas das redes neurais profundas sobre as mais superficiais por definição métrica e comparação (não tenho certeza sobre a definição de métricas e comparação). A tarefa em mãos é a classificação. Nós vamos criar um indicador e um Expert Advisor baseado em um modelo de rede neural profunda e trabalhar em conjunto de acordo com o esquema cliente/servidor e, em seguida, testá-los.

Presume-se que o leitor tenha uma idéia razoável dos conceitos básicos usados ​​em redes neurais.


4. A implementação (Indicador e o Expert Advisor)

Agora vamos escrever um programa para o indicador e um Expert Advisor usando uma rede profunda para receber os sinais de negociação.

Existem duas formas para tal implementação:

  • A primeira. O treinamento da rede neural é realizado no Rstudio manualmente. Depois de obter os resultados aceitáveis, salve a rede no catálogo apropriado. Em seguida, inicie o EA e o indicador no gráfico. O EA vai carregar a rede treinada. O indicador prepara um vetor de novos dados de entrada em cada nova barra e passa para o EA. O EA apresenta os dados da rede, recebe um sinal e, em seguida, atua sobre ele. O EA está continuando com suas atividades habituais, tais como a abertura e fechamento de ordens, trailing etc... O objetivo do indicador é preparar e passar os novos dados de entrada para o EA a cada novo barra e, mais importante, apresentar sinais de previsão pela rede em um gráfico. A prática mostra que o controle visual é a forma mais eficiente de avaliar uma rede neural.
  • A segunda maneira. Inicie o EA e o indicador no gráfico. No primeiro lançamento, o indicador passa para o EA um grande conjunto preparado de dados de entrada e saída. A EA inicia o treinamento, faz os testes e seleciona a melhor rede neural. Depois disso o trabalho continua como na primeira forma.

Nós vamos escrever o link do indicador-EA seguindo o primeiro algoritmo. Um EA com o mínimo de rebaixamento.

Porque é tão difícil? Esta maneira de implementação permite conectar inúmeros indicadores colocados em diferentes símbolos/períodos em um EA e consequentemente trabalhar com eles. Para isso, o EA tem que passar por alguma modernização. Nós vamos falar sobre isso mais tarde.

Abaixo está a estrutura de interação entre o indicador e o EA:

Fig. 31. Estrutura de interação entre o indicador e o EA

Fig. 31. Estrutura de interação entre o indicador e o EA

Autor: Vladimir Perervenko

Para adicionar comentários, por favor Conecte-se ou registrar