Bovespa volta a fechar em queda após tombo da véspera, em dia instável

Bovespa volta a fechar em queda após tombo da véspera, em dia instável

15 outubro 2015, 21:00
News
0
99

O principal índice da Bovespa fechou em baixa nesta quarta-feira (14), após registrar na véspera a maior queda desde 2014, com a recuperação dos papéis da mineradora Vale perdendo fôlego, em meio a um quadro externo desfavorável e ao ambiente político local ainda conturbado.

O Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores de São Paulo, caiu 1,37%, a 46.710 pontos.

Na semana, a bolsa acumula queda de 5,33% e no mês, alta de 3,66%. No acumulado do ano, há desvalorização de 6,59%.

A Vale sustentou a recuperação e fechou com as ações ordinárias em alta de 0,65%, após queda de mais de 10% na véspera, apesar do recuo dos preços do minério de ferro na China e números desfavoráveis sobre a economia chinesa. As ações preferenciais terminaram com acréscimo de 1,34%.

A Petrobras também ensaiou reação após forte declínio da véspera, mas sucumbiu à volatilidade dos preços do petróleo e fechou em queda de 2,85% nas ações ordinárias e de 2,09% nas preferenciais.

Do setor de bancos, Itaú Unibanco esboçou retomada, mas perdeu o fôlego e fechou com queda de 0,93%, após registrar na véspera a maior queda do ano com preocupações sobre perspectivas para o setor bancário diante do quadro macroeconômico adverso. Bradesco recuou 0,53%.Novos sinais de desaceleração econômica da China voltaram a minar o humor dos investidores nos mercados globais nesta sessão após dados mais fracos do que o esperado sobre a inflação ao consumidor chinês em setembro.

Além disso, balanços trimestrais e números sobre a economia norte-americana pesaram ainda sobre Wall Street. O índice acionário norte-americano S&P 500 fechou em baixa de 0,47%.

No Brasil, adicionava volatilidade a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na véspera de barrar temporariamente o rito desenhado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para a tramitação de eventual processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Forte queda na véspera
Na véspera, o Ibovespa caiu 4%, a 47.362 pontos. Esta foi a maior queda diária desde dezembro de 2014, quando, no dia 1º, a bolsa caiu 4,47%.

A queda de terça ocorreu após o índice fechar em alta nove vezes seguidas.

A Vale terminou com as ações ordinárias em baixa de 10,63%, no maior recuo em 7 anos.

Compartilhe com os amigos: