Bolsa de NY recua pela 3ª sessão seguida; Dow passa a acumular queda no ano

Bolsa de NY recua pela 3ª sessão seguida; Dow passa a acumular queda no ano

25 julho 2015, 16:35
News
0
108

As Bolsas dos EUA fecharam em queda pela terceira sessão consecutiva, em reação a informes de resultados de empresas. Com a baixa desta quinta-feira, 23, o índice Dow Jones passou a acumular queda no ano de 2015, de 0,51% (Nasdaq acumula alta de 8,66% e S&P-500, ganho de 2,10%).

A aversão ao risco cresceu entre os investidores, que venderam ações e buscaram a segurança dos títulos do Tesouro dos EUA. O mercado ignorou indicadores positivos divulgados pela manhã e reagiu aos informes de resultados de empresas importantes.

As ações das provedoras de serviços públicos, as do setor de energia e as das mineradoras estavam entre as maiores quedas, em reação à baixa dos preços de commodities como o petróleo e o cobre.

Foram feitos 255 mil novos pedidos de auxílio-desemprego na semana até 18 de julho, número mais baixo desde a semana até 24 de novembro de 1973, com queda de 26 mil em relação à semana anterior; economistas previam 278 mil pedidos.

O índice de atividade industrial nacional do Fed de Chicago subiu a +0,08 em junho, de -0,08 em maio. O índice dos indicadores antecedentes da Conference Board subiu 0,6% em junho, superando a expectativa de +0,5%. O índice de atividade industrial regional do Fed de Kansas City subiu a -5 em julho, de -21 em junho.

"A maior consequência é que a melhora contínua no nível de emprego vai permitir que o Federal Reserve comece a elevar as taxas de juro em setembro. Temos a expectativa de quatro elevações de 0,25 ponto porcentual, que levem a taxa básica de juros a 1%, depois da qual eles provavelmente farão uma pausa para ver como a economia está reagindo", disse o estrategista Phil Orlando, da Federated Investors, referindo-se aos dados do auxílio-desemprego.

Michael Antonelli, da RW Baird, disse que o mercado de ações está vivendo "um grande neutro". "Estamos vendo o S&P-500 não conseguir, pela terceira vez, romper a tendência recente; o índice ainda está preso em uma faixa estreita de oscilação, porque os investidores não estão predominantemente otimistas, nem pessimistas. Eles estão preponderantemente neutros. Este é um grande movimento lateral, no qual participantes compram a cada queda; o mercado não tem razões convincentes para subir, nem motivos convincentes para cair".

Entre os destaques da sessão estavam as ações de empresas que divulgaram resultados, como American Express (-2,51%), Caterpillar (-3,61%), 3M (-3,80%), General Motors (+3,96%), McDonald's (-0,50%), SanDisk (+17,57%), Freeport McMoRan (-9,43%), Dow Chemical (-4,48%), Eli Lilly (+0,44%), Kimberly-Clark (-0,51%), KKR (+0,75%) e Comcast (-3,15%).

Entre as ações de empresas que divulgariam balanços após o fechamento, os destaques foram Visa (-0,31%), Amazon.com (-1,25%), AT&T (-0,99%), Chubb (-0,31%), Capital One Financial (-0,96%), E*Trade Financial (-2,55%) e Starbucks (-0,23%).

O índice Dow Jones fechou em queda de 119,12 pontos (0,67%), em 17.731,92 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 25,36 pontos (0,49%), em 5.146,41 pontos. O S&P-500 fechou em queda de 12,00 pontos (0,57%), em 2.102,15 pontos. 

Compartilhe com os amigos: