Bolsas na Europa interrompem altas, com alívio por Grécia perdendo força

Bolsas na Europa interrompem altas, com alívio por Grécia perdendo força

17 julho 2015, 22:25
News
0
120

O mercado acionário europeu recuou de máximas de seis semanas nesta sexta-feira (17), com a recente sequência de altas provocada pelo alívio com a Grécia mostrando sinais de perda de força, com a queda nos papéis da Volvo também pressionando os mercados.

A temporada de resultados está apenas começando na Europa. Os resultados divulgados nesta sexta-feira trouxeram números da fornecedora de redes móveis Ericsson, da fabricante de eletrodomésticos Electrolux e da empresa de fragrâncias Givaudan que superaram as previsões. A Givaudan teve alta de cerca de 4%, enquanto a Ericsson subiu 3,4%.

No entanto, a Volvo fechou com queda de 6,3% após a companhia alertar que espera pouco crescimento na América do Norte nos próximos anos.

"Os anúncios de resultados estão mistos e há um pouco de anticlímax após as manchetes sobre a Grécia. Muitas pessoas não esperavam que o pior acontecesse e, assim, o dinheiro já tinha sido aplicado", disse o operador da Peregrine & Black Markus Huber.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,31%, a 6.775 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,37%, a 11.673 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,06%, a 5.124 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,07%, a 23.765 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,26%, a 11.480 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,42%, a 5.865 pontos.

O índice FTSEurofirst 300 fechou praticamente estável, recuando 0,01%, a 1.608 pontos, permanecendo entretanto perto de máximas de seis semanas.

O índice de blue chips da zona do euro (das ações mais negociadas) Euro Stoxx 50 caiu 0,17%, para 3.670 pontos, devolvendo parte de seus ganhos da sessão anterior que haviam sido impulsionados por novas expectativas do acordo sobre a dívida da Grécia e mais ajuda do Banco Central Europeu (BCE) para bancos gregos.

Compartilhe com os amigos: