Aprendendo com o estado da arte das estratégias e tecnologias do Forex

Para adicionar comentários, por favor Faça o login ou registrar
Rogerio Figurelli
Moderador
58808
Rogerio Figurelli  

Muito se fala sobre o Forex no Brasil quanto ao seus problemas e riscos, mas pouco se fala sobre o grande potencial de aprendizado com esse mercado.

Mas se esse é um mercado altamente especulativo, de grande incerteza, com grandes investidores internacionais (como os principais bancos e governos) e o estado da arte em tecnologia (como o próprio MetaTrader, que começou nesse mercado), será que não temos muito a aprender com ele? 

A ideia desse tópico é estudar justamente as questões relacionadas ao aprendizado a partir do mercado Forex, envolvendo questões relacionadas ao desenvolvimento de táticas, estratégias, expert advisors, trading systems e/ou robôs investidores.

Note que é possível aprender e muito com o Forex sem investir um centavo nesse mercado, bastando utilizar os recursos de backtesting e conta demonstração do MT5, portanto quem não tiver conta real para operação pode tranquilamente trocar ideias por aqui, já que iremos estudar estratégias e tecnologias. 

Ou seja, na prática o objetivo desse tópico é estudarmos e aprendermos o que for possível sobre o estado da arte das estratégias e tecnologias do Forex, buscando encapsular esse conhecimento para que ele também possa ser aplicado na construção de robôs em qualquer outro mercado, como o próprio BM&FBovespa.

Rogerio Figurelli
Moderador
58808
Rogerio Figurelli  

Para começar pelo começo, principalmente para quem ainda não tem conhecimento nenhum sobre o Forex, recomendo a leitura do artigo abaixo da CVM.

Os trechos abaixo foram retirados da resposta à pergunta: o que é Forex? (os grifos são meus e relacionados a questões importantes para o desenvolvimento de qualquer trading system em qualquer mercado).

"A operação no FOREX envolve a compra de uma moeda e a simultânea venda de outra, ou seja, as moedas são negociadas em PARES, por exemplo: dólar e iene (USD/JPY). O investidor não compra dólares ou ienes, fisicamente, mas uma relação monetária de troca entre eles. O FOREX é um mercado em que são negociados, portanto, derivativos de moedas, ou contratos cujos ativos subjacentes são pares de moedas. Ele (o investidor) é remunerado, assim, pelas diferenças entre a valorização destas moedas."

"Como as cotações das moedas (dólares, euros, libras etc.) variam livremente, sob a influência de eventos políticos ou fatores econômicos, há um potencial para a realização de estratégias de investimento a fim de lucrar com essas flutuações. Esse mercado também permite a realização de estratégias de proteção (“hedge”) contra variações na taxa de câmbio, o que pode ser particularmente útil para quem possui receitas ou despesas afetadas pela cotação de determinada moeda, como exportadores, por exemplo. No caso de pessoas físicas, essa necessidade pode se manifestar quando elas sabem que terão uma despesa em moeda estrangeira em data futura."

Fonte: http://www.cvm.gov.br/port/taxas/mercadoForex.pdf 

Paulo Oliveira
Moderador
3013
Paulo Oliveira  

 Acho que uma questão importante para quem investe dinheiro real no Forex é como declarar isto no Imposto de Renda, pesquisando na internet achei um blog que dá uma explicação detalhada, a fim de não caracterizar publicidade não vou divulgar o link do Blog, mas o nome do seu idealizador é Márcio Santos.

Abaixo a cópia fiel conforme o Blog:

COMO DECLARAR IMPOSTO DE RENDA NAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS EM FOREX

Escrito Por Marcio Santos on segunda-feira, agosto 20, 2012 | 2:11 AM

 

Você começou a ganhar seu dinheiro honestamente no Forex. Mas seus lucros estão todos no exterior. E aí chegou aquela temida hora de repatriar o seu capital para o Brasil,  mas...


Você simplesmente não consegue entender como declarar isso para ficar em dia com o imposto de renda. Pior: a cada site que visita, parece que as informações são totalmente diferentes.

Acredite, você não está sozinho. E essa situação não é estranha somente em relação ao imposto de renda para Forex, mas a legislação brasileira é tão "dinâmica" e complexa que é capaz de uma informação estar defasada antes mesmo de alguém digitar o ponto final no manual de como fazer isso ou aquilo.

O que você precisa fazer então para sair dessa roubada? Entender como as coisas funcionam em linhas gerais e onde achar a informação correta na hora em que for preciso declarar seu imposto de renda para Forex é um começo.  Mas vou propor a você um método que acredito ser infalível:

Seguir o exemplo de um trader que declara os rendimentos que recebe do Forex. Leia este artigo e não erre mais a mão quando precisar acertar as contas com o Leão.

Declarar ou Não Declarar Seus Ganhos no Forex ao Imposto de Renda, eis a Questão.


Se você enviou seu dinheiro para uma corretora estrangeira e ainda não sacou nada, ou ainda não obteve lucro, fique tranquilo com relação ao Leão. Você não precisa declarar nada. Isso mesmo, não precisa declarar o imposto de renda para Forex.

Caso tenha enviado algum valor e tenha começado a obter lucro, mas este ainda não foi equivalente ao que você investiu, e caso queira repatriá-lo, é possível também se manter isento de imposto. Atenção, isento de pagar imposto e não isento de declarar o imposto de renda para Forex, ok?

Exemplo de trader que está repatriando lucro do Forex inferior ao capital investido:

Caso tenha investido $10 mil e agora sua conta de investimento contabilize $13 mil de saldo, e então você decide sacar esses $3 mil de lucro. Sobre esse valor não incidirá nada de imposto de renda. Isso acontece em razão da forma como você irá declarar essa movimentação dentro do programa fornecido pela Receita Federal demonstrando que, na verdade, você está repatriando o capital, e não o lucro.

Veremos exemplo prático disso adiante.

Por fim, você investiu os mesmos $10 mil, já obtém lucros consistentes, já repatriou os mesmos $10 mil e agora deseja começar a sacar regularmente seus lucros. Aí é preciso começar a pagar o imposto.

Programa da Receita Federal "Ganhos de Capital em Moeda Estrangeira"


Para continuarmos, é preciso instalar o programa da Receita Federal que você encontra no site abaixo:

http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaFisica/GanhoCapital/MoedaEstrangeira/default.htm 

Vale lembrar que o programa de um ano serve para o imposto de renda do ano seguinte. Por exemplo, se baixar a versão 2012, ele servirá para sua declaração de 2013 com ano base 2012.

Ao abri-lo e fazer seu cadastro inicial, você usará a opção de rendimentos auferidos em moeda estrangeira, especificará a aplicação financeira como Forex Saque, por exemplo, e escolherá como natureza a opção de liquidação ou resgate de aplicação financeira.

Explicando alguns termos do programa, "Aquisição" é o seu investimento inicial, "Alienação" é a retirada que você fez. Lembrando que os valores são sempre em dólares americanos. É preciso colocar a data do investimento e a data do saque. Essa data de saque, ou mais precisamente a data que recebe o dinheiro de volta no Brasil, é importante porque determina qual a cotação do dólar que você usará na aba "Apuração"

Em tempo: quem pesquisar a legislação verá que em algum lugar diz que pode ser usado um valor médio da moeda estrangeira para fazer sua declaração do imposto de renda para Forex. Mas, conselho de amigo, use a cotação do dia que recebeu o dinheiro e nunca terá problema.

Quando Pagar o Imposto Referente aos Ganhos do Forex


No exemplo que daremos a seguir, é gerado um valor de imposto de renda para Forex a se pagar. Esse imposto deverá ser pago até o último dia útil do mês seguinte ao resgate. Então, se você recebeu seu dinheiro no dia 15 de março, terá até o último dia útil de abril para realizar o pagamento do imposto.

Investi $10 Mil no Forex e Agora Quero Sacar Pela Primeira Vez


O investimento foi feito em 01/01/2012 e o meu primeiro saque de $2 mil caiu na conta em 15/03/2012. Bom, independente de ter lucro ou não, enquanto não tiver sacado ao menos o valor do capital que apliquei, não preciso pagar nenhum imposto. Sendo assim, vou declarar os 2 mil e ainda ficarei com 8 mil de saldo para declarar sem pagar imposto. Veja como fica na imagem abaixo:



E agora veja que na aba Apuração não gerou nenhum valor de imposto a pagar.


Faça isso para os próximos saques adicionando novos itens até completar os 10 mil iniciais.

Investi $10 Mil no Forex e Já Repatriei Tudo. Agora, Quero Retirar Meu Lucro Mensalmente

Agora abrimos um novo item e deixamos em branco o valor da Aquisição e colocamos apenas o valor Alienação.



E agora, na Apuração, vemos o cálculo do imposto (15% para renda variável) já calculado pelo programa.



Use o Sicalc, programa da Receita Federal, para gerar sua DARF de pagamento do imposto devido. Quanto ao código da receita, recomendo sempre consultar a Agenda Tributáriaporque esses códigos podem mudar. 

E não esqueça de colocar o imposto pago no último campo da Apuração (na imagem acima, ele ainda está zerado, mas deverá ser preenchido com o valor de R$ 600,00).

Observe como ficou nosso quadro de itens neste momento.



Ao final do ano, você terá preenchido todas as suas retiradas e poderá exportar os dados para o programa do imposto de renda oficial. Lembre-se que não haverá mais imposto a pagar ou a restituir em cima desse montante, uma vez que a importação dos dados cairá nos rendimentos cuja tributação é exclusiva/definitva.

Dica: mudou o ano, mudou o programa. Não continue preenchendo os dados de suas retiradas feitas a partir de janeiro de 2013 com o programa de 2012.

Se a Receita Federal Não Tem Como Rastrear Meus Ganhos, Por Que Devo Declarar O Imposto De Renda Para Forex?


Primeiro, porque é o correto a fazer. Como cidadãos, temos que cumprir com as leis do nosso país. Segundo, se você vive apenas de Forex, como irá explicar seu padrão de vida se não declara renda alguma? Em algum momento você estará enrolado com o Fisco.

Provavelmente eu teria outros motivos para lhe dar, mas apenas por esses dois já dá para imaginar os outros.

Se Conselho Fosse Bom, Você Vendia. Sendo assim, Prefiro Não Declarar Meus Ganhos No Forex Para O Imposto De Renda. O Que Faço?


Programe uma viagem para o país onde estão seus ganhos, saque e gaste seu dinheiro por lá. Ou escolha uma corretora que lhe permita fazer saques via cartão em máquinas de ATM espalhadas ao redor do mundo. Esses cartões geralmente não tem identificação.

Como Declarar Seu Imposto De Renda Para Forex: Conclusão


Não tenho a pretensão de esgotar o assunto. Nem de afirmar que essa é a forma correta de se fazerem as coisas. É apenas a forma como eu faço e que partiu de pesquisas dentro do site da Receita e lendo instruções a respeito. Espero que possa ajudar outros traders que já tem ou terão em breve o mesmo "problema".
Rogerio Figurelli
Moderador
58808
Rogerio Figurelli  
PauloBrasil:

 Acho que uma questão importante para quem investe dinheiro real no Forex é como declarar isto no Imposto de Renda, pesquisando na internet achei um blog que dá uma explicação detalhada, a fim de não caracterizar publicidade não vou divulgar o link do Blog, mas o nome do seu idealizador é Márcio Santos.

....

Muito relevante esse descritivo Paulo, lembro também a todos que é possível aprender e muito com o Forex sem investir um centavo nesse mercado, bastando utilizar os recursos de backtesting e conta demonstração, portanto quem não tiver conta real para operação pode tranquilamente trocar ideias por aqui, já que o objetivo é estudar estratégias e tecnologias.
Rogerio Figurelli
Moderador
58808
Rogerio Figurelli  

Fórum de negociação, sistemas de negociação automatizados e testes de estratégias de negociação

Seria o mercado forex muito mais lucrativo para EA's do que o ibovespa?

figurelli, 2014.02.13 16:25

Rodrigo, boa questão, pois envolve, a meu ver, vários paradigmas que deverão ser quebrados mais cedo ou mais tarde no Brasil.

Inicialmente, note que utilizando ou não um EA no mercado Forex ou BM&FBovespa, ou qualquer outro mercado, a questão é a mesma, uma vez que o EA só tem o poder de automatizar estratégias para investimento em instrumentos financeiros, e o resultado depende basicamente da(s) estratégia(s) e instrumento(s) financeiro(s) que estamos utilizando. 

Dessa forma, considero que a pergunta principal seria se investir no mercado Forex seria muito mais lucrativo que no mercado BM&FBovespa?

A minha resposta é que o grande diferencial do Forex está no uso massivo de tecnologia (como o MT4, MT5, etc) e de estratégias especulativas, mas que isso não implica necessariamente em maior lucratividade, já que as leis de relação entre risco e retorno são absolutamente iguais nos dois mercados.

Em outras palavras, sempre é possível encontrar instrumentos de alto risco equivalentes, e, portanto, gerando retornos equivalentes. Como acontece com os derivativos e índices futuros, onde é possível lucrar mais de 100% ao dia se escolhemos as estratégias e instrumentos corretos.

Claro que existem outros diferenciais relevantes, já apontados pelos colegas, como a liquidez e operação 24 horas do Forex, comentanda pelo Paulo, ou o diferencial de alavancagem, comentado pelo Malacarne, ou ainda os custos operacionais, muito bem lembrados pelo Thiago, mas a meu ver esses fatores apenas tornam o Forex mais competitivo em termos de agressividade, não em lucratividade.

Isso porque um retorno acima de 100% ao ano é de alta complexidade em qualquer mercado de capitais do mundo, e nesse ponto, tanto o Forex como a BM&FBovespa chegam a um ponto que eu chamo de saturação da realidade de mercado. Nesse nível de saturação, todos mercados se igualam, pois existe uma lei de equilíbrio de forças que impede um ganho contínuo e consistente em regime permanente.

Certamente você vai encontrar bem mais EAs com maior performance no mercado Forex, por ele ter esse uso massivo de tecnologia a muitos anos, e com resultados bem acima de 100% ao ano por algum período, mas no mundo real, principalmente quando os valores investidos são bem acima da média de mercado, a lucratividade dos mercados se equilibra.

O resumo da ópera é simples: com a entrada do MT5 no Brasil, estamos abrindo as portas para criar EAs tão competitivos em termos de lucratividade quanto aos existentes no mercado Forex, inclusive com estratégias e tecnologias muito similares, desde que tenhamos os pés no chão e noção da realidade do que é possível obter de rendimento ao ano em regime permanente.


Rogerio Figurelli
Moderador
58808
Rogerio Figurelli  

A resposta para tua pergunta, se acredito ser realmente possível estratégias e EAs na BM&FBovespa que proporcionem esse lucros no nível do Forex, é sim, certamente, pois para mim depende apenas dos instrumentos e estratégias escolhidas, como comentei anteriormente. O problema está em manter essa lucratividade de forma consistente, que é o desafio tanto no Forex como na BM&FBovespa.

Para fazer um exemplo prático, considere 260 dias úteis ao ano e que você criou uma estratégia para BM&FBovespa que ganha 3% ao dia. Ganhar 3% em um dia é possível fazer até no mercado à vista no intraday, principalmente se estiveres operando comprado/vendido, correto?

O problema está na consistência de fazer isso por 260 dias seguidos, pois se conseguires essa estratégia, chegarás a um retorno superior a 2.000% em um ano !!! 

Se conseguires ganhar 5% ao dia, de forma consistente, em um ano o valor é ainda mais absurdo, acima de 300.000%.

Portanto o problema não está no mercado, está principalmente na precisão da estratégia e escolha de instrumentos, e, nesse ponto, o expertise de longa data de uso massivo de tecnologia e estratégias altamente especulativas do Forex tem muito a ajudar, que foi justamente o enfoque da minha resposta para tua pergunta principal do tópico.


Cesar Afif rezende Oaquim
207
Cesar Afif rezende Oaquim  
O Artigo sobre o Imposto é um dos melhores que já li. Dou aula de Forex, trabalho com isso a anos e foi muito bom e conciso o texto, estão de parabens.
Pedro Pacheco
304
Pedro Pacheco  
figurelli:

Muito se fala sobre o Forex no Brasil quanto ao seus problemas e riscos, mas pouco se fala sobre o grande potencial de aprendizado com esse mercado.

Mas se esse é um mercado altamente especulativo, de grande incerteza, com grandes investidores internacionais (como os principais bancos e governos) e o estado da arte em tecnologia (como o próprio MetaTrader, que começou nesse mercado), será que não temos muito a aprender com ele? 

A ideia desse tópico é estudar justamente as questões relacionadas ao aprendizado a partir do mercado Forex, envolvendo questões relacionadas ao desenvolvimento de táticas, estratégias, expert advisors, trading systems e/ou robôs investidores.

Note que é possível aprender e muito com o Forex sem investir um centavo nesse mercado, bastando utilizar os recursos de backtesting e conta demonstração do MT5, portanto quem não tiver conta real para operação pode tranquilamente trocar ideias por aqui, já que iremos estudar estratégias e tecnologias. 

Ou seja, na prática o objetivo desse tópico é estudarmos e aprendermos o que for possível sobre o estado da arte das estratégias e tecnologias do Forex, buscando encapsular esse conhecimento para que ele também possa ser aplicado na construção de robôs em qualquer outro mercado, como o próprio BM&FBovespa.

Tem toda a razão quando compara que o risco é compensado pela recompensa no caso de uma estratégia vencedora.

É possível experimentar o mercado sem risco com conta de demonstração e backtests, mas na minha opinião a melhor forma de o fazer é com uma conta micro ou cent para o novo trader ver como o mercado funciona com algum dinheiro real para se ir adaptando ás emoções e riscos reais deste sem para tal haver a necessidade de arriscar uma elevada soma de capital.

Rogerio Figurelli
Moderador
58808
Rogerio Figurelli  
xredburn:

Tem toda a razão quando compara que o risco é compensado pela recompensa no caso de uma estratégia vencedora.

É possível experimentar o mercado sem risco com conta de demonstração e backtests, mas na minha opinião a melhor forma de o fazer é com uma conta micro ou cent para o novo trader ver como o mercado funciona com algum dinheiro real para se ir adaptando ás emoções e riscos reais deste sem para tal haver a necessidade de arriscar uma elevada soma de capital.

Olá Pedro, sem dúvida existem vários métodos.

Eu prefiro ir para conta real, mesmo com baixo valor, somente depois de muito backtesting, forward testing e testes em conta demo, pois você necessita dessa etapa para filtrar e validar a estratégia e setup, principalmente para ter uma referência do que pode esperar nos testes em conta real. 

Para adicionar comentários, por favor Faça o login ou registrar