Ensinando o comércio de IA usando seus próprios exemplos

 

Olá.

Comecei a investigar a aplicação da aprendizagem da máquina à negociação e descobri que não consigo encontrar uma solução adequada para as minhas tarefas. O problema é que os modelos de aprendizagem de máquinas que encontrei trabalham na previsão de preços com base em dados históricos (preço, indicadores, etc.). Não preciso de prever o preço, preciso da máquina para aprender com exemplos da minha negociação, ou seja, dou à máquina um histórico de preços e pontos de entrada/saída, e a máquina aprende com essas negociações. Você pode me dizer em que direção a aprendizagem da máquina deve estar cavando, quais modelos, algoritmos a usar? Eu gostaria de aprender a usar estes modelos e algoritmos.

 
torontoxx:

Olá.

Comecei a investigar a aplicação da aprendizagem mecânica ao comércio e descobri que não consigo encontrar uma solução adequada para as minhas tarefas. O problema é que os modelos de aprendizagem de máquinas que encontrei trabalham na previsão de preços com base em dados históricos (preço, indicadores, etc.). Não preciso de prever o preço, preciso da máquina para aprender com exemplos da minha negociação, ou seja, dou à máquina um historial de preços e pontos de entrada/saída, e a máquina aprende com estas negociações. Pode dizer-me em que direcção a aprendizagem da máquina deve ser escavada, que modelos, algoritmos a utilizar? Obrigado.

ou seja, precisa primeiro de descrever aquilo a que prestou atenção na entrada, e depois traduzi-lo em lógica. quando tiver uma saída, descreva a sua decisão com base em quê e depois traduza-a na sua lógica. Uma vez que cada entrada/saída terá o seu próprio conjunto de lógica, terá uma base de dados bastante grande de dados de entrada. Depois, basta aplicá-lo como uma rede neural treinada.

 

Ao descrever a sua entrada e saída obtém essencialmente uma equação. o número de factores de entrada é o número de variáveis mutuamente significativas. por exemplo TF=x1, número de barras=x2, indicador=x3, .....=xp , e depois obtém uma equação da forma x1+x2+x3+xp=sl ||| tp; não demasiadas destas equações uma vez que baseia a sua análise nalguma em particular. Depois basta verificar a situação do mercado num loop com cada barra se esta é consistente com uma das equações.

De facto, isto não é aprendizagem mecânica onde já se analisou tudo e só se quer que o robô o repita. Mas ninguém lhe irá descrever o algoritmo de tomada de decisão do robô.

 
Sou o único judeu neste fórum, tenho um apelido que termina em "yi". ))
 
Maxim Dmitrievsky:
só há judeus neste fórum, tenho um sobrenome que termina em "i ))

)) bem, onde mais?)

 
Maxim Dmitrievsky:
Sou o único judeu neste fórum, tenho um apelido que termina em "yi". ))
Isso é uma alegria ou uma tristeza? O que há de errado com os judeus? São normalmente pessoas bastante decentes.
 
torontoxx:

Olá.

Comecei a investigar a aplicação da aprendizagem mecânica ao comércio e descobri que não consigo encontrar uma solução adequada para as minhas tarefas. O problema é que os modelos de aprendizagem de máquinas que encontrei trabalham na previsão de preços com base em dados históricos (preço, indicadores, etc.). Não preciso de prever o preço, preciso da máquina para aprender com exemplos da minha negociação, ou seja, dou à máquina um historial de preços e pontos de entrada/saída, e a máquina aprende com estas negociações. Pode dizer-me em que direcção a aprendizagem da máquina deve estar a cavar, que modelos, algoritmos a utilizar? Gostaria de aprender a utilizar estes modelos e algoritmos.

É uma formação em nome da formação, ou é de interesse prático? Tem alguma prática de Forex e MQL?
 
aleger:
Isso é uma alegria ou uma tristeza? O que há de errado com os judeus? São normalmente pessoas bastante decentes.

Não há problema se o meu apelido também acabar assim? é uma afirmação. nunca tinha visto tantos num só lugar antes )

 
aleger:
Aprender por aprender ou há interesse prático? Alguma prática de Forex e MQL disponível?
Porquê treinar para a formação? Comecei a utilizar o meu sistema de negociação na prática e cheguei à conclusão de que a negociação manual é demasiado incómoda. Seria óptimo ensinar a máquina a negociar, e se pudesse mesmo melhorar o comércio, seria perfeito.
 
Maxim Dmitrievsky:

Não há problema se o meu apelido também acabar assim? é uma afirmação. Nunca tinha visto tantos num só lugar )

Ainda não tenho nada a acrescentar, só me posso repetir
 
aleger:
Embora não tenha nada a acrescentar, só me posso repetir

a repetição é a mãe da aprendizagem

Razão: